Na hora de escolher o modelo ideal de fechadura eléctrica pode ser complicado saber qual opção é mais indicado para si. Como essa é uma dúvida muito recorrente, montamos uma série de artigos que irão lhe orientar na hora da compra. Se você perdeu os outros títulos, acesse o primeiro artigo aqui, e o segundo aqui.

Lembre-se que, quase tão importante quanto o modelo correto da fechadura eléctrica está a instalação adequada. Por isso, sempre disponha de uma equipa técnica e especializada no assunto.

Hoje vamos falar sobre um tipo de porta muito específica, que é a porta de vidro.

Problemas com a fechadura eléctrica na porta de vidro

Depois de escolher a fechadura elétrica ideal para a sua porta de vidro, é de suma importância que você disponha de uma equipa de técnicos treinados para proceder com a instalação correta do dispositivo.

O ideal é que eles saibam trabalhar com a marca da fechadura que você está a usar, pois, cada uma possui especificações técnicas diferenciadas que devem ser seguidas na hora da instalação.

Uma instalação mal procedida, pode gerar vários transtornos. Além de diminuir a vida útil da sua fechadura, pode ser que ela não venha a funcionar de maneira adequada.

Um dos grandes problemas enfrentados é o alinhamento errado entre a fechadura e o bocal. Essa questão pode ocorrer em portas de vidro, de madeira, de metal ou de aço.

Quando a fechadura elétrica está mal alinhada é causado um desgaste desnecessário no equipamento, o que reduz a sua vida útil e dificulta o acionamento e a liberação da porta.

Por isso, quando estiver a acompanhar a instalação da sua fechadura, certifique-se de que o pino guia está centralizado em relação ao rolete existente no bocal.

Outro item a ser considerado é a distância entre o corpo da fechadura e a borda do local. Esta deverá ser de 5 mm, embora existam modelos de 7mm. Quando considera essa distância na instalação, você evita de que a lingueta raspe na lateral e não se encaixe de forma adequada na cavidade do batente.

Se a sua fechadura elétrica estiver mal alinhada, alguns problemas irão surgir, como: necessidade de apertar o botão de acionar a abertura por muito mais tempo, o não travamento correcto da porta, a necessidade de empurrar a porta para que ela se abra, entre outros.

Agora que você já leu todas essas dicas, qual a fechadura eléctrica é mais indicada para o seu caso?

 

Ok Fechaduras

Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160
[email protected]

Abertura de Portas em Lisboa from Ok Fechaduras on Vimeo.

 

As fechaduras eléctricas têm sido muito buscadas pela sua facilidade de uso e também pela segurança que proporcionam, sobretudo em ambientes com um grande fluxo de circulação de pessoas. Por isso, fizemos uma série especial com artigos que irão lhe ajudar a encontrar a melhor fechadura eléctrica para si. Se você perdeu a primeira parte desse artigo, pode conferir aqui.

Independentemente do modelo escolhido, lembre-se sempre de dispor de auxílio técnico para a instalação e a manutenção do seu equipamento, de modo a garantir o pleno funcionamento da sua fechadura eléctrica.

De que forma uma fechadura eléctrica funciona?

Apesar de existirem modelos diversificados para cada uso e tipo de porta, no geral, as fechaduras elétricas funcionam de maneira semelhante.

Solenoides, ímãs ou motores são os responsáveis por abrir o sistema que é ativado por meio da modificação da corrente elétrica. Existem modelos em que a corrente é adicionada e então a porta se abre, e outros em que a corrente é retirada para que o mecanismo seja ativado.

Apesar do funcionamento semelhante, você pode ter notado que existem vários modelos de fechadura elétrica com indicações diferentes. Por isso é importante, antes de escolher a ideal, buscar auxílio de uma equipa técnica e preparada, que poderá analisar a sua necessidade e indicar o melhor equipamento.

Fechadura eléctrica para porta de vidro: quais cuidados devo tomar?

Em portas de vidro, alguns cuidados devem ser tomados antes de se instalar uma fechadura elétrica, para que tudo possa funcionar de maneira adequada.

Hoje, no mercado, é possível que você encontre dois modelos de fechaduras elétricas para porta de vidro: furação e recorte. Cada um deles é indicado para um uso específico e, de maneira geral, as portas de vidro são fabricadas com esse padrão específico – por isso, depois, não podem ser modificadas.

  • Padrão furação: é também chamado de ‘padrão blindex’ e foi muito usado no passado. Neste modelo, a porta de vidro apresenta três furos para o encaixe e fixação da fechadura elétrica.
  • Padrão recorte: é o mais usado hoje, por isso as fechaduras elétricas nesse padrão são as mais encontradas no mercado. Aqui, a porta de vidro é recortada para que possa haver o encaixe perfeito e a fixação correta da fechadura elétrica.
  • Além do padrão de furo, é importante que você também considere outros itens, como:
  • Abertura se dá “para dentro” ou “para fora”: embora já existam portas com fecho reversível, a maioria dos modelos só abre em um sentido, por isso é importante considerar esse item antes de escolher o modelo de fechadura elétrica.
  • Uma ou duas folhas: você precisa saber se irá necessitar de um modelo de fechadura com o fecho também instalado na porta de vidro, ou com a fechadura na porta de vidro e o fecho em parede de alvenaria. Lembre-se que o fecho usado na porta de vidro é diferente do modelo usado na parede de alvenaria, por isso é importante dispor do kit correto para o seu caso.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

Ok Fechaduras

Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160
[email protected]

Abertura de Portas em Lisboa from Ok Fechaduras on Vimeo.

As fechaduras elétricas são ótimas opções para edifícios, condomínios, empresas, clubes e outros locais em que exista a necessidade de se fazer um controlo maior das pessoas que entram e saem no recinto.

Esse equipamento possui várias versões, mas, em geral, seu funcionamento é bastante semelhante em todos os casos. Porém, antes de se decidir pela compra da sua fechadura elétrica é importante você considerar algumas questões, como o material da sua porta e a forma de abertura.

Além disso, é importante que você disponha de uma equipa de técnicos treinados e especializados para procederem com a instalação da sua fechadura eléctrica ou com a mudança da sua fechadura. Consulte aqui a nossa página de mudança de fechaduras.

Fechadura eléctrica: quantos tipos existem?

Os modelos de fechadura elétrica podem variar de acordo com o seu tipo de porta e de necessidade. O mais comum é a fechadura elétrica de sobrepor, que é usada em portões de metal ou de madeira e pode ser ou não compatível com os sistemas de porteiro eletrônico e vídeos porteiros.

Reconhecer esse tipo de fechadura é muito simples, pois em geral ela é mais robusta por fora, além de ser a mais utilizada na maioria dos edifícios e outros tipos de guarita. A fechadura elétrica de sobrepor pode ser ajustada para portas leves e pesadas e dispor de memória mecânica, que destrava no primeiro impulso.

Os fechos elétricos – ou eletromagnéticos- são usados, em especial, nas portas de madeira ou de metal e trabalham em conjunto com a fechadura convencional do tipo “bola fixa”     , ou seja, que só permite o acesso por meio de controlo externo, botão interno ou chave. Eles são muito usados em portas internas que dividem ambientes de escritório, lares, consultórios e outras necessidades.

Já para as portas de vidro é indicado o uso de uma fechadura diferenciada com aplicação exclusiva em portas de vidro temperado ou em uma e duas folhas, sendo uma móvel e outra fixa. Esses modelos, em geral, possuem um design diferenciado, capaz de combinar com a porta de vidro e deixar o aspecto visual da fechadura elétrica bem mais agradável.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

Ok Fechaduras

Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160
[email protected]

As fechaduras eléctricas têm sido muito buscadas em Portugal, porque oferecem uma segurança maior à morada e empresas, sobretudo em locais que necessitam de um controlo maior das pessoas que entram e saem do ambiente.

Porém, devido a instalações mal realizadas e também uso inadequado é possível enfrentar alguns problemas com as fechaduras eléctricas. Na primeira parte desse texto, nós lhe mostramos quais são os principais problemas com as fechaduras eléctricas e na segunda parte nós lhe demos dicas práticas para resolvê-los.

Outras causas de problemas com as fechaduras eléctricas

Se a sua fechadura eléctrica está a ser usada por longos anos, é possível que a folha da porta tenha cedido. Isso irá fazer com que a lingueta acabe por encostar nas laterais e não encaixe de maneira adequada na cavidade do batente, o que dificulta tanto a abertura quanto o fechamento da porta.

Para saber se a sua folha cedeu, note se:

  • está difícil abrir ou fechar a porta com a chave de maneira manual
  • a porta não se abre de forma completa e é preciso empurrá-la
  • a porta está constantemente aberta, pois a fechadura eléctrica não está a travar
  • o botão de acionamento tem de ser apertado por longos segundos ou várias vezes até a porta se abrir
  • embora seja possível ouvir o som da fechadura a ser acionada, a porta não se abre

Se você está a notar esses problemas e possui a sua fechadura eléctrica há muitos anos, então é possível que tenha de realizar uma manutenção em sua porta, de maneira a garantir que a folha retorne a sua posição original.

Em geral, essa é uma manutenção simples e consiste apenas no reaperto das dobradiças. Porém, em algumas situações, pode ser necessário a colocação de calços ou até mesmo a troca da folha.

Por isso, o recomendado é dispor de ajuda técnica especializada, capaz de diagnosticar a fonte do problema e resolvê-la da maneira mais acertada. O conserto mal realizado poderá danificar ainda mais a folha da porta e a fechadura eléctrica. Por isso, não se arrisque e contate uma equipa profissional a lhe ajudar.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado.

 

Ok Fechaduras

Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160
[email protected]


Abertura de Portas | OkFechaduras Express 24 por okfechaduras

As fechaduras eléctricas são dispositivos que aumentam a segurança das moradas e empresas, nomeadamente de locais que exigem um controlo maior do fluxo de entrada e saída de pessoas. Por essas questões é que elas têm sido muito buscadas em Portugal.

Contudo, instalações mal executadas e falta de cuidados na manutenção, podem ocasionar alguns problemas com as fechaduras eléctricas. Na primeira parte desse texto nós lhe falamos um pouco sobre os principais problemas apresentados pelas fechaduras eléctricas e hoje vamos ensiná-lo a resolvê-los.

 

Como resolver todos os problemas com as fechaduras eléctricas?

Se você está a enfrentar alguma dessas situações com a sua fechadura eléctrica, saiba que, em muitas vezes, a causa pode ser a instalação.

É claro que diante de tais problemas, o ideal é considerar dispor do serviço de técnicos especializados que poderão analisar pessoalmente o seu caso e detectar a fonte da avaria.

Por vezes, não apenas a instalação pode ter sido procedida de forma errada, como também a sua fechadura eléctrica pode estar a funcionar indevidamente.

Em caso de fechaduras mais antigas, o desgaste poderá fazer com que ela não funcione da mesma maneira de quando nova, ou a fonte presente no sistema pode ser muito fraca para promover o acionamento eléctrico correto. Por isso, o ideal é sempre consultar um técnico especialista.

Mas, se você já realizou esses procedimentos e não obteve uma solução adequada, saiba que em geral o problema está relacionado ao alinhamento entre as partes que compõem a fechadura eléctrica.

O indicado é que o pino guia fique sempre alinhado corretamente com o rolete interno que está localizado no batente. Além disso, a lingueta deverá entrar com facilidade na cavidade própria da peça do batente. Para garantir que o seu alinhamento está adequado, observe se a lingueta se aloja sem haver atrito entre as laterais, abaixo ou acima.

Para que a sua fechadura eléctrica não venha a enfrentar esses tipos de problemas é fundamental que você verifique o alinhamento vertical, horizontal e a profundidade entre as duas partes que compõem o mecanismo, além da distância entre elas. O indicado, em geral, é que essa distância seja de      5 mm, mas é sempre recomendado seguir as orientações do fabricante.

 

O meu problema é a falta de alinhamento, e agora?

Se você notou que a distância está maior ou menor do que o indicado, que a lingueta está a raspar nas laterais, ou que o alinhamento não está adequado, o mais indicado é dispor de ajuda técnica específica.

Lembre-se de sempre verificar as instruções do manual de instalação. Siga as medidas padrões indicadas pelo fabricante. Como essas indicações podem ser diferentes a depender da marca da fechadura, o recomendado é sempre contatar uma equipa de especialistas capazes de verificar e promover o alinhamento correcto.

Mas, se você não pode dispor de uma ajuda técnica, desmonte toda a sua fechadura eléctrica e proceda com a instalação novamente, seguindo, agora, as orientações de alinhamento.

Porém, se você notou que o alinhamento da sua fechadura está correcto, então pode estar a enfrentar outros tipos de problemas.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

Ok Fechaduras

Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160
[email protected]

Abertura de Portas em Lisboa from Ok Fechaduras on Vimeo.

As fechaduras eléctricas são ótimas opções para tornar a sua morada ou empresa segura e a salvo de invasões e arrombamentos. Além disso, elas são bastante indicadas para locais em que há a necessidade de se ter um maior controlo do fluxo de pessoas a entrar e sair, como guaritas de empresas, portarias de edifícios e clubes, entre outros.

Esse sistema permite a abertura de portas e portões à distância, após a identificação do visitante por meio de um interfone. As fechaduras eléctricas são mecanismos simples que funcionam por meio da ativação do solenoide através da passagem da corrente eléctrica.

Apesar de ser bastante simples, a instalação inadequada e o mau uso do equipamento são itens que costumam gerar problemas com as fechaduras eléctricas que passam a funcionar de maneira incômoda, como deixando de travar, não abrindo totalmente ou necessitando que a botoeira seja acionada várias vezes até que o portão finalmente destrava.

Se está a enfrentar problemas com a sua fechadura eléctrica, então este artigo poderá lhe ajudar.

 

Problemas mais comuns apresentados pelas fechaduras eléctricas

 

Alguns problemas são muito relatados pelos usuários de fechaduras eléctricas e, em geral, todos eles necessitam de ajustes simples – na maioria das vezes sendo ocasionados por uma instalação incorreta do aparelho.

Veja alguns dos problemas enfrentados no dia a dia de portarias e guaritas:

  • A porta ou o portão não abre de forma fácil com as chaves de forma manual
  • O botão de abertura necessita de ser acionado por várias vezes até que a porta ou o portão finalmente destrave
  • A porta ou o portão não se abre totalmente, o que nos obriga a empurrá-lo para que possamos entrar/sair
  • O som de acionamento é ouvido, mas a porta ou o portão não se abre
  • A porta ou o portão tem permanecido aberto pois a fechadura eléctrica não está a travar

Para evitar a maioria desses problemas é fundamental dispor de uma equipa técnica e treinada para proceder com a instalação da sua fechadura eléctrica da melhor maneira possível – assim como para realizar com as mudanças de fechaduras (ver aqui).

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

Ok Fechaduras

Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160
[email protected]

A fechadura eléctrica com controlo remoto e com senhas é um dos modelos mais seguros e que promovem maior comodidade na abertura de portas e portões – de moradas e de empresas. Com o aumento da procura por este modelo, é normal que muitas pessoas tenham dúvidas sobre o funcionamento, a instalação e as indicações.

Por isso, fizemos uma série de posts em que lhe explicamos como codificar os rádios transmissores e também os tipos disponíveis no mercado.

Mas, lembre-se que qualquer procedimento de mudança de fechadura deverá sempre ser feito por profissionais preparados e treinados, de modo a garantir o bom funcionamento e a segurança da sua empresa ou da sua morada.

 

Fechadura elétrica com controlo por meio de senhas

Para a abertura de portas de locais protegidos e até mesmo de guaritas, um modo de garantir mais segurança, é usar do módulo de controlo de acesso com senha.

Em geral, esses kits permitem acionar até quatro itens diferentes que se localizem a até 10 metros do transmissor. Isso porque o controlo funciona com ondas de rádio, o que possibilita o acionamento de diversos itens, sem a necessidade de uso de fiação eléctrica.

Os kits podem variar de acordo com o fabricante, mas devem possuir um módulo de controlo de acesso com teclado (equipamento microprocessado capaz de permitir a abertura de fechaduras ou outros dispositivos por meio de um sistema de senha) e os acessórios, como receptor adicional ou outros itens que sejam necessários na sua instalação.

Esse tipo de sistema pode ser instalado em quaisquer tipos de portas, apenas é necessário que elas estejam alinhadas e em boas condições.

Existem no mercado muitos modelos, como teclado numérico, touch screem, senha e cartão magnético. Muitas marcas são capazes de armazenar até 300 senhas diferentes, o que é importante em casos de necessidade de se armazenar senhas temporárias.

Algumas fechaduras ainda dispõem de um sistema conhecido como ‘senha falsa’ que evita que pessoas ou câmeras de monitoramento gravem as senhas dos moradores ao acompanhar a digitação.

 

Qual a melhor fechadura no meu caso?

Como pode notar há uma variedade de tipos de fechaduras elétricas e eletrônicas – das mais seguras a menos eficazes. Escolher o tipo de fechadura para cada caso é algo que deve ser avaliado por profissionais.

Porém, é sempre importante que você leve em consideração quais os usos do local, a quantidade de moradores, o nível de segurança de que necessita, as facilidades do sistema escolhido, a possibilidade de instalação, as formas de manutenção, entre outros.

As fechaduras elétricas com controlo remoto são opções muito utilizadas em vários segmentos comerciais e industriais e até mesmo em condomínios residenciais, porém, como é uma tecnologia não tão recente, já tem sido visada por assaltantes. Por isso, é importante conhecer a região em que se está situado e pensar se essa é uma opção segura para você.

Caso necessite de mais segurança, as fechaduras eletrônicas com senhas são opções mais modernas, porém seu custo é mais elevado e pode ser complicado o acesso em locais de muito fluxo de pessoas.

Por isso, sempre contate uma equipa de profissionais e encontre o melhor recurso de segurança para o seu caso.

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado!

 

OK Fechaduras
Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160 / okfechad[email protected]

A fechadura eléctrica com controlo remoto e também com senhas são modelos de fechadura que têm sido cada vez mais utilizados em Portugal, já que eles promovem uma segurança maior às residências e também às empresas.

Mas, com o aumento da procura, é normal que cada vez mais pessoas tenham dúvida sobre o funcionamento, os modelos mais indicados e outros itens. Por isso, reunimos informações importantes na nossa série sobre fechaduras eléctricas com controlo remoto. Se você perdeu o nosso primeiro post, acesse-o aqui.

Apesar das nossas informações, é fundamental que você sempre busque auxílio especializado na hora de proceder com a mudança das fechaduras ou quando tiver algum problema com as suas portas.

 

Quais os tipos de controlo disponíveis no mercado?

Os tipos de controlo remoto podem variar de acordo com a marca e a especificação da fechadura, ou ainda com a segurança que está a buscar.

Existem:

  • Controlos que usam de um mesmo código, definido pelo instalador, para abrir todos os portões ou portas de um imóvel. Este é um controlo considerado frágil em termos de segurança, pois, pode ser facilmente clonado por assaltantes
  • Controlo com código individual, que é gravado na central de comando, embora seja um pouco mais complicado, ainda assim é facilmente clonado por assaltantes
  • Controlo chamado ‘rolling code’ que muda seu próprio código cada vez que é acionado, considerado um sistema de difícil clonagem
  • Controlo que além do ‘rolling code’ exibe o nome do usuário em uma central monitorada por um porteiro. Esse é o modelo mais difícil de ser copiado pelos assaltantes e, por isso, considerado o mais seguro atualmente. Porém, nem todos os sistemas são capazes de utilizar esse aparelho.

 

Alguns problemas que podem ser enfrentados com esse tipo de fechadura

Apesar de bastante segura, algumas pessoas têm enfrentado alguns problemas com a clonagem dos controlos remotos. Isso acontece quando, de alguma forma, os assaltantes possuem algum tipo de acesso prévio ao controlo remoto da vítima  (por exemplo, em estacionamentos).

Alguns assaltantes, inclusive, utilizam um equipamento próprio capaz de copiar a identificação do controlo e abrir e fechar seu portão ou porta de forma fácil e rápida.

Para evitar essa situação, é interessante dispor de alguns cuidados, como:

  • Não deixar o controlo do portão ou da porta dentro do carro, principalmente em locais como estacionamentos e vallets
  • Evitar entregar seu controlo remoto para pessoas desconhecidas
  • nos lares, instalar sensores que fechem o portão após a entrada do automóvel, ou que fechem a porta após a entrada do visitante ou morador
  • Em edifícios, o melhor é dispor de garagens com dois portões, sendo que o segundo somente será acionado pelo porteiro após o fechamento do primeiro

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

OK Fechaduras
Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160 / [email protected]

Abertura de Portas em Lisboa from Ok Fechaduras on Vimeo.

A fechadura elétrica com controlo remoto é um item bastante conhecido e usado, que traz mais comodidade e segurança para a abertura de portões e portas de entrada em lares, empresas, indústrias e edifícios.

Com a popularização desse tipo de fechadura, hoje ela é encontrada facilmente em lojas especializadas e muitas pessoas possuem dúvidas sobre a forma correcta de proceder com a sua instalação e também de mantê-la segura.

Existem algumas marcas de fechaduras elétricas que já dispõem de um kit específico composto por um módulo receptor e um controlo remoto (transmissor), uma fonte de alimentação e a fechadura elétrica.

 

Partes que formam o seu kit de fechadura elétrica com controlo remoto

 

O módulo receptor é o responsável por identificar o sinal codificado enviado pelos transmissores. Ele funciona através de um circuito eletrônico e alimenta, por meio de um plug de saída, uma carga de até 300 Watts.

Para que o módulo funcione de maneira correcta é necessário codificar os transmissores para que eles sejam identificados pelo receptor.

Os rádio transmissores são os que enviam o sinal ao módulo receptor para que este realize a ação. Em geral, eles possuem 4 canais que permitem acionar até 4 módulos receptores com um mesmo transmissor.

 

Como codificar os rádios transmissores?

 

Saber codificar os rádios transmissores de forma correcta é fundamental para que a sua fechadura elétrica possa funcionar adequadamente, além de promover a segurança ideal da sua morada ou empresa.

Cada fabricante terá uma forma específica de codificação dos rádios transmissores, mas, em geral, são fáceis de fazer e basta seguir os passos do manual de instruções.

Caso você não possua de facilidade na hora de instalar equipamentos elétricos, o ideal é dispor do auxílio de uma equipa técnica específica para garantir que tudo será instalado de maneira adequada.

 

Por agora, ficamos por aqui, esperamos que tenha gostado. Continuamos no próximo artigo!

 

OK Fechaduras
Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160 / [email protected]

 

Os fechos eléctricos de batentes têm sido muito buscados em residências, escritórios e empresas portuguesas, porque permitem um controlo mais exato das pessoas que entram e saem de determinado ambiente. Justamente por isso, preparamos uma série de artigos com dicas fundamentais sobre o tema.

Em nosso primeiro artigo, nós lhe explicamos o que é e quais são os principais modelos de fechos, já no segundo artigo, nós lhe ensinamos a instalar corretamente um fecho eléctrico e hoje vamos lhe explicar sobre os problemas mais comuns que afetam esse sistema de abertura de portas e de que modo resolvê-los.

Mas, se a qualquer momento, você não se sentir seguro em realizar esse procedimento, não hesite e contacte uma equipa especializada e capaz de lhe ajudar!

 

Quais os problemas comuns com os fechos eléctricos e como resolvê-los?

Como todos os produtos de fechaduras eletromecânicas é possível que você acabe por enfrentar algumas situações ao longo do uso.

Uma das situações comuns é que, ao se acionar a botoeira, o fecho elétrico destrave para a abertura da porta, mas não volte a proceder com o travamento –essencial para que a porta se feche.

O que pode ocorrer, nestes casos, é uma pequena folga no fecho eléctrico causada pelo uso. Para evitar esse problema, é importante ficar atento ao limite de distância entre o fecho e a lingueta da maçaneta. Como dissemos, cada fabricante relaciona o limite mínimo e máximo para os seus produtos. Na hora de proceder com a instalação é fundamental se atentar a essa distância, pois, com o passar dos anos, o fecho poderá ficar mais frouxo dentro do batente, ocasionando essa folga entre o mesmo e a lingueta da porta.

Outra dica importante está relacionada a manutenção do fecho eléctrico, que deverá ser sempre realizada por profissionais habilitados e capacitados. Muitas vezes, profissionais pouco acostumados a lidarem com esse tipo de sistema, realizam uma manutenção apenas na parte externa do fecho, o que não é capaz de verificar os pequenos problemas que o uso e o desgaste podem gerar.

Assim, quando contratar uma equipa de manutenção, acompanhe todo o serviço e solicite que a mesma realize a inspeção da parte interna do fecho, que poderá sofrer travamentos devido ao acúmulo de areia, sujeira ou outras pequenas partículas que necessitam ser retiradas de tempos em tempos.

Em resumo, se você possui uma porta interna que necessita de um controlo maior de acesso, a melhor opção é o fecho eléctrico que tem como vantagem o fato de poder ser instalado em quaisquer tipos de maçanetas.

 

Você já conhecia o fecho eléctrico? Acredita que ele pode ser uma boa opção de segurança para si?

 

OK Fechaduras
Rua Pery de Linde Nº8 3ºesq 1500-491 Lisboa
919957160 / [email protected]

Abertura de Portas em Lisboa from Ok Fechaduras on Vimeo.